Notícias

Barro Duro confecciona máscaras para profissionais que trabalham na linha de frente do Covid 19

As Secretarias de Assistência Social, de Educação e de Cultura de Barro Duro se uniram para confeccionar máscaras para os profissionais, que atuam no município, e que não podem ficar em casa. O trabalho também conta com a ajuda especial do Centro Social, e está sendo realizado no Polo Administrativo da cidade. 
A medida visa abastecer os serviços de saúde, onde médicos, enfermeiros, assistentes e atendentes lidam, na linha de frente, com pacientes com Covid-19. Em torno de 250 máscaras estão sendo produzidas diariamente. 

De acordo com a Anvisa, qualquer um pode fazer uso de máscaras de uso não profissional, inclusive crianças e pessoas debilitadas. Isso desde que respeitadas algumas regras básicas. Algumas delas são não compartilhar as máscaras e adotar medidas de higiene e de limpeza da máscara, além do descarte adequado.

Máscaras de algodão
A máscara deve ser feita nas medidas corretas para cobrir totalmente a boca e o nariz, sem deixar espaços nas laterais. Deve ser confeccionada com tecido confortável e adaptar-se bem ao rosto, para evitar sua recolocação toda hora.

Para a confecção da máscara, são recomendados tecidos 100% algodão ou cotton. Também pode ser utilizado o “tecido não tecido” (TNT), feito de material sintético. Isso desde que o fabricante garanta que o produto não causa alergia e seja adequado para uso humano. Devem ser evitados os materiais que possam irritar a pele, como poliéster puro e outros tecidos sintéticos.

Prevenção ao novo coronavírus

É importante lembrar que seu uso é por um período de poucas horas, em situações de saída da residência, e sempre se respeitando a distância entre as pessoas. Além disso, não devem ser manipuladas enquanto a pessoa estiver na rua e, antes de serem retiradas, deve-se lavar as mãos.

O coronavírus é espalhado por gotículas que ficam pelo ar, chamadas aerossóis, quando pessoas infectadas conversam, tossem ou espirram. Esses aerossóis ficam suspensos no ar e podem ter sua disseminação diminuída pelo uso de máscaras não profissionais.

 

 


Todas as notícias